Nossa proposta é organizar o tempo didático, favorecer a vivência de diferentes situações de aprendizagem e o exercício da autonomia, por meio de atividades em nossos “cantos”, onde as crianças escolherão a que tarefas se dedicar, de acordo com suas próprias preferências. A prática pedagógica se desenvolve a partir da interação, brincadeira, exploração, questionamento e pesquisa, promovendo experiências que levem ao pleno desenvolvimento e aprendizagem.

O espaço da escola, organizado nesses “cantos”, permite que os grupos façam rodízios de ambientes, aproveitando e usufruindo recursos disponíveis em cada um, com base em diferentes áreas do conhecimento.

Os pequenos recebem cuidados, atenção, e têm espaço para explorar, brincar e se conhecer. No canto das artespor exemplo, eles têm à disposição brinquedos e materiais que incentivam a expressão artística e estimulam a imaginação. No canto do parquedivertem-se e interagem; e no canto da areia, brincam, exercitam habilidades motoras de pés e mãos, exploram texturas e desenvolvem noções espaciais. No canto dos animais e no canto da horta, aprendem a relacionar-se com a natureza. No canto da leitura, mesmo antes de saber ler, têm acesso aos livros e os manuseiam. Muitas vezes, embora mal consigam falar, já estão “contando” histórias, “cantando” cantigas de roda e seguindo a coreografia. Desse modo, nossa proposta pedagógica contempla todos os espaços da escola.

Outra importante estratégia de trabalho utilizada em nossa escola são os Projetos.  Um projeto abrange diferentes áreas de conhecimento, que podem se relacionar e se complementar. Os temas geradores (os que impulsionam um projeto) são escolhidos pelos professores de acordo com suas observações sobre os interesses e necessidades das crianças e os conhecimentos necessários em relação à faixa etária.

 21 

15 22

 

Inscreva-se em nossa newsletter